segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Em cada esquina,
um sonho, uma mulher diferente,
a vida dela é dura e cheia de ilusões,
com o corpo ganha a vida mas também procura em vários abraços um amor,
um carinho,ela se sente só nesse mundo sem coração,
por onde passa é sinônimo de risos, porém mal sabe as boas senhorasà ri
que o jantar de negocios dos seus maridos é a pobre moçade vida fáci,
destino virou as costas para ela e a única maneirade viver é nessa profissão desumana,
já que a vida está de mal com ela o único jeito é conseguir sobreviver com os miseros centavos nessas imundas esquinas da vida...

2 comentários:

Pedro Henrique disse...

gúdi.

por um segundo pensei que falasse sobre prostitutas. no finalzin.

mas tá muito bom.

Nathália Nascimento disse...

Fala sobre isso mesmo :X
é q eu vi uma reportagem ae resovi escrever :x